Nos últimos tempos a homossexualidade tem sido um tema bastante discutido e divulgado e nem sempre da melhor forma. Todos têm a sua opinião, a sua visão e enquanto jovens somos constantemente atingidos por esse debate e por questões relacionadas com o nosso posicionamento. 


Na verdade, criou-se um campo de batalha e temos, de um lado, as pessoas que têm práticas homossexuais e os seus apoiantes e que buscam a todo o custo justificar a sua conduta e quebrar com o padrão de condenação social e do outro lado, as pessoas que abominam estas pessoas e defendem que estas não devem ser aceites em termos sociais sendo que assistimos muitas vezes às mais diversas formas de violência sobre estas pessoas. Onde nos colocamos enquanto cristãos? Em nenhum dos lados deste campo de batalha

SEJAMOS UMA INFLUÊNCIA OLHANDO E AGINDO COM AS PESSOAS COMO JESUS AGIRIA!!!

Enquanto crentes, enquanto jovens que seguimos e servimos a Deus, devemos sim falar sobre este assunto, saber claramente o que a bíblia fala sobre isso e estarmos acima de tudo preparados para não demonstrarmos a mesma atitude que o mundo tem mas sim para que sejamos uma influência olhando e agindo com estas pessoas COMO JESUS AGIRIA.


Para que não restem dúvidas, a homossexualidade, o relacionamento conjugal e sexual entre duas pessoas do mesmo sexo é uma conduta errada aos olhos de Deus e é claro que este é o nosso posicionamento, de quem vive com Deus e segundo os seus ensinamentos. 

“Nenhum homem deve ter relações sexuais com outro homem. É uma coisa abominável” (Levítivo 18:22)

“Se um homem tiver relações homossexuais com outro homem, ambos fazem uma coisa abominável, certamente morrerão, o sangue é sobre eles” (Levítico 20:13)

A BÍBLIA NÃO FALA QUE DEVEMOS REPUDIAR!

 

Claramente as práticas homossexuais são classificadas na bíblia como pecado. Não estamos de acordo com a prática do pecado. É uma violação dos ensinamentos de Deus. Mas atenção àquilo que também nos devemos lembrar: as práticas homossexuais são pecado mas da mesma forma falar mal dos outros é pecado, julgar é pecado, comer demais é pecado, não andar em amor com alguma pessoa é pecado. Mas Deus pode e quer salvar a todos e que todos se arrependam do pecado.


A bíblia não fala que devemos repudiar, odiar ou rejeitar qualquer pessoa que cometa pecado mas antes a nossa atitude enquanto seguidores de Jesus é exercer o amor de Deus, orar por essas pessoas e estender a mão para ajudar, para levar Jesus aos corações onde ainda não está, levar a verdade que não conhecem!

O que a bíblia nos ensina é que não há condicionamento para amar como Deus nos ama. Jesus morreu por ti e por todos nós sendo ainda pecadores e Jesus veio ao mundo exactamente para salvar os que estão perdidos. É isso que devemos levar a todas as pessoas, é isso que devemos anunciar.

“Na verdade, quando nós ainda vivíamos nas nossas fraquezas, Cristo, no seu devido tempo, morreu por nós pecadores” (Romanos 5:6)

É DA NOSSA RESPONSABILIDADE AJUDAR AS PESSOAS E FALAR DE JESUS!

Estaremos igualmente a cair em pecado se acharmos que o pecado da homossexualidade é maior ou pior que os nossos próprios pecados, estaremos a pecar se nos acharmos demasiados santos para lidar com elas e se rejeitarmos e repudiarmos como tantas pessoas fazem no mundo.

 

É verdade que infelizmente também crescem os movimentos que apoiam cada vez mais este tipo de conduta e que o diabo nos quer “vender” e enganar com uma normalidade associada ao pecado e quase que vemos os jovens a entrarem nesses comportamentos por experiência ou por moda e não estamos desse lado do campo de batalha, não compactuamos ou concordamos com o comportamento. Estamos do lado de Deus que nos ensina que é de levar o amor e a verdade a essas pessoas e de lutarmos por elas. Porque muitos são os que vivem em sofrimento por não conhecerem a verdade. E de quem é a responsabilidade de ajudar essas pessoas e de lhes falar de Jesus? É nossa! É nossa responsabilidade:

 

AMAR: Amar o próximo como a nós mesmo, qualquer ser humano

 

RESPEITAR: Semear nos outros o que queremos colher

 

ENSINAR: Ensinar a verdade, os caminhos de Deus, que podem ser libertos. Não afastar estas pessoas através de um mau testemunho mas apoiar, nunca condenar

 

ACOLHER: Devemos ser pacientes e apoiar todos os que estão a buscar a Deus e querem ser acolhidos na família de Deus

“Rogamo-vos, também, irmãos, que admoesteis os desordeiros, consoleis os de pouco ânimo, sustenteis os fracos, e sejais pacientes para com todos” (I Tessalonicenses 5:14)

Deus conta connosco para que possamos evangelizar e trazer TODOS à salvação então não importa qual o pecado que a pessoa viveu ou quais as suas lutas, devemos amar, aconselhar e apoiar de forma a levarmos a pessoa ao caminho da verdade para que Deus possa operar nas suas vidas.

PODES VER OUTROS ESTUDOS AQUI

Share on Facebook
Facebook
Tweet about this on Twitter
Twitter
Partilhar...