70x7 COMO?

Esta é, talvez para quase todas as pessoas, a decisão (sim, a DECISÃO) mais difícil de tomar, aquela que é só para os fortes, para os que acreditam de verdade em Deus: O PERDÃO!

É também este o motivo pelo qual muitos querem viver um novo EU com Deus e não conseguem, é muitas vezes o motivo que nos mantém agarrados ao mundo. Mas é ao mesmo tempo uma das decisões que mais te pode libertar, confortar, acalmar toda a ansiedade e te aproximar de Deus. Então porque será que isto acontece? Porque é que tantas vezes achamos e até falamos que perdoámos mas na verdade não fomos capazes de o fazer?

Porque é difícil sim, porque é uma luta. Mesmo quando levamos uma vida com Deus, estamos no mundo e convivemos com outras pessoas, com outras realidades e também sabes isso: o mundo não nos ensina a perdoar. Enquanto somos jovens estamos numa fase de grande socialização, há sempre coisas novas a acontecer, pessoas novas que entram na nossa vida, grupos, diferentes experiências, diferentes circunstâncias, estamos a afirmar a nossa posição, a moldar o nosso carácter e claro que é inevitável passarmos por conflitos, por momentos em que somos ofendidos, injustiçados e magoados.

O que é que o mundo, os grupos, a sociedade nos ensina perante estas situações?

Certamente não é amor, não é perdão e se falarmos nestes termos muito provavelmente alguém que se ri e nos chama de fracos. O que o mundo ensina desde crianças é a vingança, o ajustar de contas, o alimentar dos conflitos.

Porquê? Porque caso contrário não serás bem visto pelos outros, porque isso significa que és mais fraco, o “banana”, o “tolo”. E sabes o que Deus nos ensina? Ensina que o PERDÃO não é para fracos, não é para tolos, de facto o perdão é apenas para aqueles que são fortes, para os que amam a Deus e fazem dos seus ensinamentos um exemplo, uma influência para todos os que o rodeiam. Não é para todos, de facto.

Se em algum momento te sentires nesta situação, nesta posição em que tu próprio lutas com pensamentos trazidos pelo diabo de que não és capaz ou que não queres ou não sentes que devas perdoar mas sim retaliar, sempre que te vires preso a sentimentos de raiva, tristeza, ressentimento em relação a qualquer pessoa que tenha errado, que te tenha ofendido ou injustiçado, lembra-te destas 3 coisas:

1- O ÚNICO QUE LEVA VANTAGEM QUANDO NÃO PERDOAS É O DIABO

A falta de perdão, quando alimentamos ou guardamos sentimentos de vingança, retaliação, estamos a deixar-nos entrar e ficar numa prisão, é uma forma que o diabo tem de te afastar de Deus e do que Ele tem para ti e impede também que tu sejas perdoado pelas tuas falhas. Vê o que o Apóstolo Paulo ensinava:

“Àquele que perdoarem também eu perdoo. Pois quando eu perdoei, se é que havia alguma coisa a perdoar, fiz isso na presença de Cristo, para vosso bem. Isso é preciso para que Satanás não nos engane, pois sabemos bem quais são as suas intenções.”(2 Coríntios 2:10-11)

Mesmo que tenhas sido ofendido, não há nada de bom em não perdoares ou deixar que os sentimentos falem mais alto. O único que ganha é o diabo e conhecemos que as suas intenções são sempre trazer morte e não vida, trazer o que é negativo e te afasta dos propósitos de Deus para ti.

 

Quando perdoas és tu que levas a vantagem. Nem sequer o fazes para vantagem ou bem de quem falhou ou te magoou. Fazes sim por amor a Deus, porque amas o teu próximo como Deus te ensina e porque é esse perdão que te liberta da prisão, permite que sigas sem o peso dos sentimentos que invadem a tua mente. E é verdade sim, perdoar não nos faz esquecer tudo mas permite que lembremos sem dor, permite saberes que mesmo que te tenham ferido e deixem uma cicatriz, não dói quando olhas para ela.

2- QUEM NÃO PERDOA NÃO É PERDOADO

Quando Jesus ensinava os discípulos a orar o “Pai Nosso” não falava em perdoar como uma opção mas sim como uma realidade: “Pai perdoa-nos como nós perdoamos…” e é mais claro mais à frente quando fala que se não perdoarmos quem nos ofende também Deus não nos pode perdoar (Mateus 6:15). Pensa então em quantas vezes ao longo de um dia tens atitudes que não agradam a Deus. Pensa então em quantas vezes oras a pedir a Deus que perdoe as coisas erradas que fizeste, pensaste e disseste. Somos merecedores de perdão mas não somos capazes de perdoar os outros? Deus perdoa-nos todas as vezes sem que nunca seja merecido e espera que saibamos ser também assim para todos os que nos ofendem.

 

3- PERDOAR NÃO É SENTIMENTO. É DECISÃO, UM ATO DE AMOR E FÉ

Quando Jesus ensinava os discípulos sobre perdão dizia “Se o teu irmão pecar contra ti sete vezes num dia e cada vez vier e disser, arrependo-me, então perdoa” e os discípulos responderam “Aumenta a nossa fé”. É claro que não é fácil e não é na tua força, mas a tua fé faz-te capaz e faz-te ver que, se Deus te ensina que perdoes é porque te ama e porque faz em ti a Sua vontade em todas as coisas.

O QUE TE PODE AJUDAR A PERDOAR?!?

Põe os teus olhos no quanto Deus te perdoou e no sacrifício que fez para perdão dos nossos pecados. O que é que nós fizemos ou fazemos para ser perdoados ou para merecermos o perdão e misericórdia de Deus? Nada! O perdão não tem a ver com merecer mas com amor e obediência a Deus. Não interessa se aquela pessoa merece ou não. Perdoa porque foste perdoado também e ainda és todos os dias (Efésios 4:32)

Olha para a pessoa que te ofendeu como uma “vítima” e não como um alvo. E é vítima porque está certo e não cometeu um erro? Não. Mas vítima de cegueira espiritual, de uma jogada do diabo, do desconhecimento da verdade, por não ter discernimento. Isso ajuda a que vejas essas pessoas com compaixão e que saibas libertar o perdão tendo em conta que também elas precisam do amor de Deus. Isto foi o que Jesus fez mesmo no maior sofrimento. “Pai perdoa-lhes porque não sabem o que fazem” (Lucas 23:34)

Por último lembra-te sempre, perdoar não é compactuar com uma ofensa ou com uma situação que te coloque em risco, não é continuar numa situação abusiva ou perigosa, é sim sair dessa situação e seguir em frente sem carregar peso, perdoando e libertando o teu coração e a tua mente de todos os enganos com que o diabo te quer prender sabendo amar mesmo os que erram connosco, mesmo os que pecam tal como Jesus perdoou e vencendo todas essas ofensas.

Lembra-te sempre que no reino de Deus, FORTE não é o que recebe o perdão mas o que perdoa. FORTE é aquele que através do perdão é liberto e vence todas as batalhas.

PODES VER OUTROS ESTUDOS AQUI

Share on Facebook
Facebook
Tweet about this on Twitter
Twitter
Partilhar...