Tenho de tomar uma decisão. E agora? Como é que eu sei que Deus permite este ou outro caminho e que é a vontade Dele para mim?

Uma das coisas que marca a nossa passagem de sermos considerados crianças para sermos jovens e adolescentes é o facto de que começamos a ser confrontados com situações em que vamos ser colocados numa posição de tomar decisões, de tomar atitudes, fazer escolhas. É neste momento que começa e vamos levar isso para toda a vida, sendo que a responsabilidade das escolhas vai aumentando. E há uma coisa que te quero dizer: Não, não é Deus que vai tomar as decisões por ti! Tens de ser tu!! E Deus também não diz que sempre serão fáceis de tomar e que sempre vais tomar a decisão certa. Também não. Então o que é que Deus diz?

Deus diz que “tudo te é permitido, mas nem tudo nos convém, nem tudo edifica.” (I Coríntios 10:23). Deus diz que te deu livre arbítrio, livre escolha, "colocou diante de nós o bom e o mau, a vida e a morte" (Deuteronómio 30:19), mas também te diz que é Ele que dirige os teus passos (Provérbios 16:9). Então como fazes para saber se estás a fazer o que agrada a Deus, se estás a escolher o caminho do sucesso, o caminho certo?

Quando Paulo fala ao povo em Atenas, que o questionava sobre esse Deus desconhecido, ele explica uma coisa muito importante que nos devemos lembrar todos os dias: “Deus não está longe de cada um de nós” (Atos 17:27). Se Deus está perto de ti, aquilo que tens de fazer no momento em que sabes que tens de tomar decisões é consulta-Lo, falar com Ele!

É claro que sabemos que no nosso dia-a-dia, e hoje em dia cada vez mais através dos media e redes sociais, temos um mundo de possibilidades em relação àquilo que vamos escolher para dar prioridade na nossa vida e que vão influenciar a nossa personalidade, o nosso carácter e também as nossas escolhas para o nosso futuro. E muitas vezes damos por nós a pensar se esse será o caminho certo, se essa será a forma como Deus quer que passe o meu tempo e que construa o meu caminho. Como é que posso entender se Deus está a guiar as minhas decisões?

1.  Mantém-te perto de Deus – é a única forma de conseguires ser guiado por Ele. Não deves buscar a Deus só como uma forma de Ele te dar direcção para as tuas decisões, mas pelo contrário, manteres-te perto de coração, sem segundas intenções. Isso é o que Deus mais quer ver em ti. A Palavra de Deus, a Bíblia, é o que te vai ajudar sempre, porque há coisas que sabes que são sempre da vontade de Deus. É sempre da vontade de Deus que tenhamos uma relação com Ele, que estudemos a Palavra, que passemos tempo com Ele


2.  
Pede direcção em relação às decisões – É verdade, a Bíblia não te diz se deves seguir aquele curso ou outro, se deves fazer este ou aquele desporto ou passar tempo com este ou aquele amigo mas é por isso que o Espírito Santo está em nós e nos mostra sempre o que é de acordo com a vontade de Deus (Romanos 8:27)

3.  Não queiras achar que tens sempre razão – Por vezes Deus traz pessoas que podem aconselhar-te e ajudar a tomar uma decisão e às vezes estamos tão entusiasmados e a achar que temos a certeza que deixamos de ouvir qualquer pessoa, os nossos pais, amigos, professores, porque achamos que somos os únicos que sabemos. Mas não desprezes esses conselhos. Ouve-os e questiona Deus em relação a eles porque por vezes pode ser uma forma de Deus chegar a ti com um aviso, com um conselho. Nem todos os conselhos que vais ouvir das pessoas são conselhos de Deus mas ouve e compara com o que te diz a Bíblia, pergunta a Deus se vem Dele (Provérbios 3:7)

 

4.  Se for de Deus, vais sentir Paz! E não significa que não possa ser por vezes um caminho que parece difícil, que pode ser um desafio, que possas não te achar incapaz de fazer esse caminho, mas sentirás o Espírito Santo a mostrar-te paz. Moisés também não se achava capaz de liderar, nem era um caminho fácil mas se for a vontade de Deus conseguimos sentir

5.  Não aches que não é de Deus por não ser no tempo que queres – por vezes o tempo que leva é o tempo de Deus te preparar e moldar o teu carácter, não deixes que esse tempo te faça desistir. Abraão esperou 25 anos pelo seu filho, Noé esperou 100 anos até ao dilúvio… mas não mudaram de direcção porque sabiam que foram guiados por Deus

 

6.  Não aches que não é de Deus por parecer difícil ou assustador – por vezes Deus coloca-te desafios para testar a tua fidelidade, para ver o que tens no coração e mesmo que aches que não entendes, ouve a voz de Deus. Abraão não queria sacrificar o seu filho (Génesis 22). Mas deu-Lhe ouvidos confiando em Deus e não na sua sabedoria ou lógica.

 

7.  Se for da vontade de Deus aproxima-te Dele – Deus não te vai colocar em nenhum caminho que seja para te afastar Dele. Quando és encaminhado por Ele sentes-te mais fiel a Deus, mais conectado a Ele, sentes que consegues fazer algo para O agradar. 

Todos passamos momentos de maior incerteza, medo, dúvidas, em que achamos que podemos não estar a tomar a decisão certa, em que queríamos a resposta e saber se estamos a fazer a vontade de Deus. Mas, acima de tudo, não deixes que isso seja a tua ansiedade e que isso defina quem tu és, não deixes que seja um problema e te limite mas acredita que em tudo, se sempre colocares Deus em primeiro, Ele vai guiar os teus passos e cumprir na tua vida o propósito para o qual te escolheu!

Deus sabe o que é o melhor para ti!

“Porque Eu bem sei os pensamentos que tenho a vosso respeito, diz o Senhor; pensamentos de paz, e não de mal, para vos dar o fim que esperais”
Jeremias 29:11

Share on Facebook
Facebook
Tweet about this on Twitter
Twitter
Partilhar...